Fiocruz: Fundacao Tecnico-Cientifica de Bio-Manguinhos vai produzir IFA nacional contra COVID-19

A produção de IFA (Ingrediente Farmacêutico Ativo) deve ter produção nacional, mas só a partir de setembro deste ano, segundo Nísia Trindade Lima, presidente da Fiocruz.

Em meio a uma disputa mundial por insumos, o Brasil pode se tornar autossuficiente na produção do (IFA) pelos técnicos de Bio-Manguinhos, que atualmente produz 900 000 vacinas contra a Covid-19 por dia.

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) se prepara para nacionalizar a produção do IFA, o que se dará por transferência de tecnologia da AstraZeneca e, a partir de setembro podemos contar com o insumo.

A chegada de vacinas produzidas a partir do IFA nacional deve demorar meses para chegar a população brasileira, mas com a tecnologia em mãos adquiridas pelo Governo Federal, atenderá vacinações futuras.

Atualmente, a Fiocruz necessita de IFA importado para poder produzir a vacina, o acordo prevê que, até julho, 100,4 milhões de doses sejam produzidas a partir de IFA importado. Com o IFA nacional, a previsão é a produção de 110 milhões de doses no segundo semestre.

Acompanhe nossa página no Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios