Vila Piloto tem surto de leishmaniose e criança de 8 anos é testada positivo para doença

Após uma criança de apenas 8 anos testar positivo para leishmaniose em Três Lagoas, uma testagem em massa ocorreu no Bairro Vila Piloto, e revelou que dos 46 cães testados na região, 21 foram identificados com a doença, já na triagem.

O CCZ da Secretaria Municipal, visitou residências com testes rápidos de leishmaniose. Segundo o médico veterinário Everton Ottoni ao Midiamax, “O bloqueio canino é um procedimento necessário, comunicados de um casos positivos de leishmaniose em humanos, é feita a coleta de todos os cães acima de 04 meses de idade da região, para avaliação dos resultados no diagnóstico de leishmaniose canina, o responsável pelo animal infectado é informado sobre o resultado, orientado conforme as normas a serem seguidas”, explicou.

O tutor do animal deve fazer tratamento veterinário no cão infectado ou, sem alternativa, encaminhá-lo para eutanásia, o trabalho de testagem na região deve continuar, 5 se recusaram a realização do teste. “Não existe uma obrigatoriedade do morador aceitar o teste. Sempre que há recusa, orientamos que faça exame particular para prevenção do animal e dos próprios moradores da casa. Ficamos preocupados quando isso acontece, porém, o dono do animal é de fato o responsável por ele”, considerou o veterinário.

Das residências que não estavam nenhum morador, recados foram deixados para que possam agendar os exames nos pets, segundo balanço 160 residências já foram visitadas.

Transmissão da leishmaniose

A Leishmaniose Visceral é uma doença causada por um protozoário da espécie Leishmania chagasi. Assim, ela é transmitida por meio da picada de insetos conhecidos popularmente como mosquito palha, asa-dura, tatuquiras, birigui e outros muito menor do que uma muriçoca.

Esse mosquito, faz o seu ciclo de reprodução na matéria orgânica em decomposição no solo, como frutas, folhas e fezes de pessoas e animais. São mosquitos que não dão voos, mas saltos, e a fêmea faz repasto sanguíneo. Para saciar essa necessidade de sangue, ela busca uma fonte animal ou humana. Normalmente, no meio urbano, a fonte animal é o cão, que é extremamente sensível e vulnerável à ocorrência leishmaniose. visceral. A doença é muito letal na população canina.

Os principais sintomas em humanos são: febre de longa duração, aumento do fígado e baço, perda de peso, fraqueza, redução da força muscular e anemia.

Acompanhe nossa página no Facebook

Acompanhe também nosso Instagram

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios