Variantes P1 e P2 da COVID-19 miram os jovens, Três Lagoas soma mais duas vítima da doença nesta segunda-feira

A COVID-19 tem apresentando número alto entre os jovens, em virtude da circulação de duas novas variantes – P1 e P2 – elas são extremamente mais contagiosas em pacientes entre 30 e 39 anos somam 23,6% do total de casos notificados em MS segundo dados da SES-MS. E jovens com idade entre 20 e 29 anos representam 19% dos que testam positivo para a doença.

Outros dados do Boletim Epidemiológico da SES-MS, aponta que as mulheres são mais afetadas pela doença (53,0%), enquanto o registro de mortes é maior entre os homens (54,5%) Campo Grande continua com o maior número de infectados o total de 89.641 pessoas. Dourados vem em segundo lugar 25,499; Três Lagoas 11,692; Corumbá 11.359 e Naviraí com 6.148 ultrapassando Ponta Porã que registra 5.335 casos no total da doença.

Boletim SES aqui

Dados de Três Lagoas

Os dados apresentados pelo Boletim Epidemiológico COVID-19, desta segunda-feira (12), mostram que 164 pessoas foram confirmadas como positivas da doença, 20 casos foram excluídos do E-SUS por exportação para SIVEP ou outra localidade, totalizando 11.734 casos da doença. Outras 113 pessoas finalizaram a quarentena e foram consideradas recuperadas da COVID-19.

Hoje foi registrado mais uma morte pela pandemia, e também foi confirmada uma outra, que era suspeita no boletim anterior, assim totalizando, duas mortes confirmadas no dia de hoje segunda-feira. Além disso, foram notificados dois novos óbitos suspeitos, totalizando sete casos que aguardam resultado de exame da doença.

Mortos confirmados em Três Lagoas de 44 e 48 anos.

VER BOLETIM COMPLETO

Redução de mobilidade em Três Lagoas

As equipes da Vigilância Sanitária contaram com apoio de servidores da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia da Infraestrutura, Transporte e Trânsito, bem como do Meio Ambiente e Agronegócio, Assistência Social, Administração, Polícias Militar, Civil, Ambiental, Corpo de Bombeiros e Ministério Público.

E os resultados foram 98 pessoas abordadas e 15 estabelecimentos foram notificados por descumprimentos aos decretos em vigência, um campo de futebol foi lacrado e uma igreja recebeu orientação. A equipe realizou também abordagens na Lagoa Maior e Cascalheira com intuito de dispersar aglomerações.

Vacinação Influenza

Campanha de Imunização contra a Influenza em Mato Grosso do Sul será realizada entre 12 de abril e 09 de julho. A primeira fase vai de 12 de abril a 10 de maio, onde serão vacinados crianças, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filho há pouco tempo), indígenas e trabalhadores de saúde.

A segunda fase será de 11 de maio a 8 de junho e serão vacinados pessoas com mais de 60 anos e professores. A terceira etapa da vacinação será de 09 de junho a 9 de julho e serão vacinados indivíduos com comorbidades ou deficiências permanentes.

As vacinas já está disponível em todo estado de Mato Grosso do Sul, procure o posto de saúde mais perto de sua casa.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios