Monitoramento da Dengue aponta 849 casos confirmados em Três Lagoas

Monitoramento da Dengue em Três Lagoas, referente à 14ª semana de 2021 aponta 87 casos como suspeitos que ainda não foram concluídos e divulgados os resultados dos exames laboratoriais ou clínicos.

Desde o início de 2021, 2.090 casos já foram notificados, sendo 849 confirmados como positivos. Os casos negativos somam 758. O restante aguardam resultados.

Para o enfrentamento e controle de uma nova epidemia a prefeitura disponibiliza quatro veículos, eles estão percorrendo ruas de 16 bairros, sempre das 04h às 08h e das 17h às 21h

O que fazer?

Cuidados importantes para a prevenção, focos de água parada ajuda proliferar as larvas do mosquito.

A dengue é uma doença virótica transmitida pelo mosquito Aedes aegypti e pode trazer complicações a reprodução é durante os meses mais quentes, quando as chuvas são mais abundantes. 

Sintomas da dengue

  • Febre alta
  • Dores de cabeça severas
  • Dor atrás dos olhos
  • Dor severa nas articulações e nos músculos
  • Fadiga
  • Náusea
  • Vômito
  • Erupção cutânea, que aparece dois a cinco dias após o início da febre
  • Sangramento leve (sangramento nasal, sangramento nas gengivas ou hematomas fáceis)

Leishmaniose

O Boletim Semanal de Monitoramento apresenta dados da Leishmaniose, doença que não apresentou nenhuma notificação nesta semana. Durante todo o ano foi registrado apenas 01 caso positivo que ocorreu na Vila Piloto.

A leishmaniose é uma doença parasitária relativamente comum em países tropicais, e pode ser transmitida para os humanos através da picada de pequenos mosquitos, conhecidas como flebótomos.

Quando existe suspeita de se estar infectado com leishmaniose é muito importante ir imediatamente ao hospital para fazer exames e confirmar se a doença está ativa.

Monitoramento da dengue.xls (1)

BaixarLEISHMANIOSE 2021 (1)Baixar

Com informações da Assecon

Acompanhe nossa página no Facebook

Acompanhe também nosso Instagram

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios